Um testemunho de como é possível destruir esta terrível doença e ser FELIZ!

.Desabafos recentes

. Vitória

. Feliz

. Dias bons

. Sobretudo medo

. Sobretudo medo

. Aprovada

. O tempo não chega

. Para a frente é que é o c...

. É agora ou nunca

. Indefenida

. O lobo

. Hoje

. Conclusão da consulta

. Com certezas

. Férias

. Aqui... Jamais fingirei

. O início do fim

. Eu mando

. Por favor

. Ao acaso

. Aprender

. Caminhar

. É mesmo possível

. Quem disse que era fácil?

. Mais um passo

.Arquivos

. Junho 2011

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

.Outros Blogs

blogs SAPO

.subscrever feeds

Domingo, 9 de Setembro de 2007

Pensamentos contraditórios

Antes de ontem fui às compras ao supermercado. A minha mãe tem tanta, tanta paciência... Até onde vai o amor de mãe? A minha já ultrapassou, e muito, as minhas expectativas! Sou tão indecisa e complicadinha... Qualquer alimento que precise tenho de comparar as calorias de todas as marcas para poder escolher a menos calórica, mas não é só isso. Por exemplo, em relação aos iogurtes comparo as calorias e escolho o que tem menos depois penso "é o menos calórico, mas sabe tão mal! É preferível comprar um que saiba melhor", a seguir vejo um com mais 7 ou 8 kcal e penso "o sabor não deve fazer diferença e se tem mais calorias prefiro o outro", depois penso "mas eu não preciso de comer iogurtes! Se quiser acompanhar com alguma coisa ao lanche ou ao pequeno almoço prefiro beber água, chá ou chávenas de descafeinado ou café solúvel que não tem calorias e fico muito mais cheia!", e remato  "mas também preciso de cálcio, se tenho osteopatia e não bebo leite..." e penso "só se comer quando me descontrolar" e respondo "mas é difícil deitar fora o iogurte porque é espesso. Que se lixe esforço-me mais um bocadinho", depois pego no iogurte que tinha escolhido no início e digo para mim  "se é para me descontrolar posso comer um mais saboroso e com mais calorias que não faz mal" e começo logo a pensar "e se me apetecer comer um e não for deitar fora? Tem de ser um muito magro..." e isto desenrola-se e passo o tempo a olhar para a porcaria dos iogurtes e sou capaz  de pôr um no carrinho e a seguir ir trocar por outro, por esta ou aquela razão, ou quando estou na fila para pagar ainda vou mudar. Mas isto passa-se com toda a comida! Os meus pais já chegaram a deixar-me no Modelo para perder o tempo que quisesse e depois telefonar-lhes para me irem buscar. Quando tempo mais vão eles aguentar esta loucura?
 
Passa-se uma algazarra na minha cabeça, um motim de contrariedades. Um estouro de pensamentos loucos e insensatos que me perturbam e me deixam desatinada. Nada e tudo me impede de mudar, mas agarro-me a ela porque me sinto ainda demasiado fraca para enfrentar sozinha a realidade.
 

“Os sulcos e as saliências que muitas delas, já em estado grave, deixam registrados nos seus corpos são por elas acalentados e, paradoxalmente, transformam-se nas suas únicas finalidades de viver.”

 Isto é tão ilógico que quanto mais procurarmos pela lógica desde paradoxo mais ilógico se torna!

 
Será que alguém aqui me consegue compreender? Preciso de me sentir perto de pessoas que passam aquilo que estou a passar, que pensam o mesmo que eu, que se comportam como eu… eu sei que vocês entendem o que digo...
Publicado por Aninhas às 11:02
Link do post | Adicione aos favoritos
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


.Mais sobre mim

.Pesquisar neste blog

 

.Junho 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Dados gerais

Tive uma anorexia nervosa com crises bulímicas tratada e cuidada no HUC, onde ainda estou a ser acompanhada. Consegui atingir todos os meus objectivos, sou feliz e deixo aqui o meu testemunho em como é POSSÍVEL acabar com todo o sofrimento e dor que esta doença me trouxe.

.tags

. todas as tags

.Dos que mais gosto

. Feliz

. Férias

. Para ti... sorrio

. Conclusão da consulta

. Sofrida

. É agora ou nunca

. O lobo

. Mudar de vida

. A vida que eu levo

. Pensamentos contraditório...