Um testemunho de como é possível destruir esta terrível doença e ser FELIZ!

.Desabafos recentes

. Vitória

. Feliz

. Dias bons

. Sobretudo medo

. Sobretudo medo

. Aprovada

. O tempo não chega

. Para a frente é que é o c...

. É agora ou nunca

. Indefenida

. O lobo

. Hoje

. Conclusão da consulta

. Com certezas

. Férias

. Aqui... Jamais fingirei

. O início do fim

. Eu mando

. Por favor

. Ao acaso

. Aprender

. Caminhar

. É mesmo possível

. Quem disse que era fácil?

. Mais um passo

.Arquivos

. Junho 2011

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

.Outros Blogs

blogs SAPO

.subscrever feeds

Segunda-feira, 30 de Junho de 2008

Sobretudo medo

Olha-me,

Aperta-me. 

Tira-me o frio,
Leva o medo.
 
Ouve o meu abraço
Sente o meu silêncio
Encontra o meu sorriso.
 
Dá-me.
Não me tires.
Agradeço.
 
Quero sentir.
Entrego-me primeiro.
 
 
 
Por que sou tão desconfiada e não consigo acreditar no que me dizes?
Por que não me sinto feliz se me dás razões para isso?
Por que tenho tanto medo? Porque me apetece chorar quando nos abraçamos?
Trata bem de mim. Tratas?Jura, por favor!
Sou uma flor que começa a dar os primeiros rebentos, por isso preciso que sejas tolerante e gentil. Tenho medo do poder que tens sobre mim. Já reparaste como sou frágil e tu tão robusto?

Abraça-me bem

Levantas o teu corpo cansado do chão
Afasta esse peso que te esmaga o coração
Abres uma janela e pergunta-te quem és
Respiras mais fundo e enfrentas o mundo de pé

Eu venho de tão longe e procuro há mil anos por ti
Estendo a minha mão até te sentir
Não sabemos nada do que somos nós
Mas sabemos tanto do que muda por não estarmos sós

Abraça-me bem

Levantas os teus olhos para me olhar assim
Procuras cá dentro onde me escondi
E eu tenho medo, confesso, de dar
O mundo onde guardo tudo o que mais quis salvar

Tu dizes que não há outra forma de ficarmos perto
Não há como saber se o caminho é o certo
Só pode voar quem arriscar cair
Só se pode dar quem arriscar sentir

Abraça-me bem

Mafalda Veiga

tags: ,
Publicado por Aninhas às 12:53
Link do post | Adicione aos favoritos
De Joana a 3 de Julho de 2008 às 14:17
Minha querida Aninhas, venho aqui só num pulinho (tou atolada!) para te dar 1 bocadinho de força e 1s miminhos.

Temos que aprender a tratar bem de nós, e tb temos que nos abraçar de vez em quando.

Não te afogues em medos e preocupações. Sabemos o que é preciso fazer, temos que pôr em prática toda a teoria.

Estamos juntas ;)

Beijinhos polvilhados de cor e abraços apertados.
Espero que te ajudem =)
Joana

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


.Mais sobre mim

.Pesquisar neste blog

 

.Junho 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Dados gerais

Tive uma anorexia nervosa com crises bulímicas tratada e cuidada no HUC, onde ainda estou a ser acompanhada. Consegui atingir todos os meus objectivos, sou feliz e deixo aqui o meu testemunho em como é POSSÍVEL acabar com todo o sofrimento e dor que esta doença me trouxe.

.tags

. todas as tags

.Dos que mais gosto

. Feliz

. Férias

. Para ti... sorrio

. Conclusão da consulta

. Sofrida

. É agora ou nunca

. O lobo

. Mudar de vida

. A vida que eu levo

. Pensamentos contraditório...