Um testemunho de como é possível destruir esta terrível doença e ser FELIZ!

.Desabafos recentes

. Vitória

. Feliz

. Dias bons

. Sobretudo medo

. Sobretudo medo

. Aprovada

. O tempo não chega

. Para a frente é que é o c...

. É agora ou nunca

. Indefenida

. O lobo

. Hoje

. Conclusão da consulta

. Com certezas

. Férias

. Aqui... Jamais fingirei

. O início do fim

. Eu mando

. Por favor

. Ao acaso

. Aprender

. Caminhar

. É mesmo possível

. Quem disse que era fácil?

. Mais um passo

.Arquivos

. Junho 2011

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

.Outros Blogs

blogs SAPO

.subscrever feeds

Quarta-feira, 23 de Janeiro de 2008

Mudar de vida

Estou decidida! Hoje, quero ser considerada uma futura ex-anoréctica. Sim, porque o mundo não pára e eu quero aproveitar esta vida! Quero tirar o meu curso, estar com os meus Amigos e passar os melhores tempos com os meus queridos pais. E é só nisto que tenho de pensar.

 

Agora um à parte

Acabei o primeiro semestre com 16 a F. e tive também 16 na 1º das 5 frequências de A. (é uma cadeira anual). E quero, no próximo semestre, mostrar notas mais baixas com o mesmo orgulho com que mostro estas, porque é esse o objectivo. Aceitar notas humildes, não entrar em parafuso e continuar a ir às frequências e às aulas mesmo quando não estão a correr como eu quero.

Amanhã vou à médica endocronologista fazer análises e pedi-lhe conselhos acerca de uma alimentação saudável. É a primeira vez que o faço, espero vir a conseguir mudar muita coisa.

Agora que me encontro de "férias" (pausa para exames) a alimentação anda bastante descontrolada mas não é isso que me detém. A minha motivação e o meu empenho mantém-se. Sei que é só uma fase, logo que começar as aulas vai tudo entrar na normalidade e quando acabar o ano e estiver novamente de férias não vai voltar a acontecer o mesmo porque as coisas vão estar melhores. Acho que é essencial aceitarmos isto. Aceitar que isto demora tempo e que não é por termos uma compulsão agora que já não vamos conseguir. Mas uma coisa é certa. Não se queiram enganar, porque se não queremos ter compulsões não podemos continuar a fazer jejuns e comer 500 kcal/dia é impossível!

E quando decidirem "não vou comer mais nada hoje" pensem no que realmente querem e o que ganham e perdem se decidirem isso. Mas pensem MESMO, não queiram fugir ao desconforto que causa pensar nisso! Ou então escrevam numa coluna "Pros" e noutra "Contras" e escrevam , por mais que vos custe, e aí têm o resultado... A seguir vão conseguir comer alguma coisa com confiança, determinação e com a certeza que estão a tomar a decisão correcta.

Mas não se esqueçam! Isto não vai acontecer sempre. Até se podem descontrolar a seguir, mas vai haver um dia que o vão conseguir e ver como É ESTE O CAMINHO!

 

Força lindas! Muito força! E lembrem-se isto demora tempo e têm de aprender aceitar falhas.

 

Publicado por Aninhas às 21:35
Link do post | Adicione aos favoritos
De AB a 24 de Janeiro de 2008 às 10:33
Aninhas as tuas notas nao foram boas, foram mesmo Excepcionais acredita!! e se baixarem sabes que nao é culpa da tua inteligencia nem de ninguem, apenas da doença, pela qual nao és culpada, mas já falamos sobre isso!!
Quanto ao resto minha querida estás finalmente a encarar a doença como deve ser encarada: algo que tem cura sim e em todos os casos, algo que se vence aos poucos, mas que se consegue sempre vencer. Fico mt feliz por ti!! No meu caso, penso já te ter dito, valeu mt uma grande dose de humildade e obediencia (e tb respeito e amizade ou empatia pela medica) aos "comandos" da drª dulce e sua equipa (na fase mm do internamento): passei a nao questionar nada - mm chorando enquanto comia quantidades que eu duvidada se iriam ou nao engordar -, a obedecer cegamente, porque TIVE QUE CONFIAR NELES por completo para largar a minha mao da mao doente da doença qeu me agarrava à tantos anos dando aquela sensaçao falsa de segurança e companhia...
bjsssssssss e desconfia cada vez mais dos comandos da doença (que sao sempre comandos de desnutriçao e desturiçao-- e todas nós sabemos tao bem disso meu Deus! e até houve psiquaitra no meu pasado que se irritava por eu estar consciente disso e nada fazer! só que ele nao entendia desta doença, pk quem percebe sabe que nós estamos mt conscientes disso só que a doença fala mais alto e por isso é doença da ment!!----) e confia nas orientaçoes dos teus medicos, essas sim que te conduzirão de novo à VIDA!!! e à FELICIDADE PLENA!!!
bjs
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


.Mais sobre mim

.Pesquisar neste blog

 

.Junho 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Dados gerais

Tive uma anorexia nervosa com crises bulímicas tratada e cuidada no HUC, onde ainda estou a ser acompanhada. Consegui atingir todos os meus objectivos, sou feliz e deixo aqui o meu testemunho em como é POSSÍVEL acabar com todo o sofrimento e dor que esta doença me trouxe.

.tags

. todas as tags

.Dos que mais gosto

. Feliz

. Férias

. Para ti... sorrio

. Conclusão da consulta

. Sofrida

. É agora ou nunca

. O lobo

. Mudar de vida

. A vida que eu levo

. Pensamentos contraditório...