Um testemunho de como é possível destruir esta terrível doença e ser FELIZ!

.Desabafos recentes

. Vitória

. Feliz

. Dias bons

. Sobretudo medo

. Sobretudo medo

. Aprovada

. O tempo não chega

. Para a frente é que é o c...

. É agora ou nunca

. Indefenida

. O lobo

. Hoje

. Conclusão da consulta

. Com certezas

. Férias

. Aqui... Jamais fingirei

. O início do fim

. Eu mando

. Por favor

. Ao acaso

. Aprender

. Caminhar

. É mesmo possível

. Quem disse que era fácil?

. Mais um passo

.Arquivos

. Junho 2011

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

.Outros Blogs

blogs SAPO

.subscrever feeds

Terça-feira, 23 de Outubro de 2007

Vim só dar notícias

Já há muito tempo que não escrevia... Enfim, dias cada vez mais complicados.

O estudo anda mais ou menos controlado o que para mim é a base para andar suficientemente bem. A alimentação mantém-se, estou com 45,4 Kg (IMC: 15,7) o que é óptimo, embora a alegria não seja muita. O meu estado de espírito anda insuportável, não consigo conviver com ninguém. Tenho tido imensas discussões com os meus pais e chorado imenso por isso. Dava tudo para não os ver sofrer assim... Sou uma péssima filha. Tenho os melhores pais do mundo  e só lhes dou tristezas, sei que não os mereço.

Publicado por Aninhas às 22:31
Link do post | Comente | Adicione aos favoritos
11 comentários:
De g0oorda a 24 de Outubro de 2007 às 15:40
Ola
Só hoje é q descobri o teu blog e nao consigo deixar de comentar. Tb tenho anorexia (com crises bulimicas), estou em recuperaçao.
Fiquei com pena de ti. Estás tão iludida com tudo! Eu tb estive assim, a diferença é q deixei q me ajudassem. Pq eu já nao aguentava mais sentir-me morta. Nem imaginas o dificil q foi aceitar ajuda. Mas hoje nao me arrenpendo de ter dado esse passo. Tb chumbei o ano, como tu, e acredita q se nao aceitares a ajuda q te estao a tentar dar nao vais conseguir passar outra vez. Vais chumbar, vai ser uma merda.
Não é preciso lidar assim com a vida. Por favor acorda!!! Quem está com a vida parada agora és tu, e está nas tuas maos mudar isso.
Tenho 20 anos, n tenho periodo ha quase um ano e meio, tenho osteoporose, o meu coraçao bate de uma maneira esquisita. Mas felizmente, ainda é tudo recuperavel. Só agora q penso de uma maneira mais racional é q isto me assusta. Claro q tu n te importas com os sinas q o teu corpo te dá de q alguma coisa errada se passa. É da maneira q estas quase lá. Quase morta. Só falta um bocadinho. E se é esse o teu objectivo, força, estás no caminho certo. Mas no fundo não é isso que queres pois nao?
Repensa-te, por favor. Dá uma hipotese aos outros de te darem uma mão.
Tu tinhas uma vida antes da anorexia, lembraste? Lembraste de ser feliz? Eu ja nao me lembrava o q isso era. Comecei a relembrar-me ha bem pco tempo. E adoro. Estou a começar a adorar viver. Como sempre adorei. Tenho os meus amigos de volta (estás redondamente enganada se pensas q nao precisas deles ou que os perdeste a todos, ninguem vive sozinho e se sao teus amigos vao estar la qnd decidires voltar para eles), estou a sentir-me saudavel outra vez (o q ate a mim me espanta pq saude era o q eu menos queria ha uns meses atras) entre mtas outras coisas.
Desculpa se fui bruta, mas os teus posts tocaram-me. Fizeram-me lembrar cm eu vivia ha uns tempos e nao quero de maneira nenhuma voltar a isso. Foram os piores anos da minha vida.
Nao comandes a tua vida em funçao da merda de uns numeros. Tu és mto mais q isso. E ng se interessa se o teu imc subiu ou desceu. NINGUEM. Quem gosta de ti so te quer ver bem!
Claro q me custa comer, ms tb n como de tudo. So como o q a medica manda. Ao principio foi horrivel, comia num dia o q a mim me chegava p 4 ou 5. Mas tive q aguentar.
Ha outras coisas alem da comida e das dietas q tb merecem a tua atençao. Tu agora nao vês isso, mas elas tao lá. O problema é q nao ficam la para sempre... e se tu nao decidires q tens q mudar, e depressa, vais perde-las. Um dia vais olhar p tras e ver q nao tens recordaçoes da tua juventude q nao estjam relaccionadas com a comida. Achas q vale a pena?
Provavelmente td o q escrevi n vai servir d nada, pq tu estas tao convicta q tens razao q so se bateres mesmo no fundo é q vais acordar. Espero q nesse dia n seja tarde de mais.
Anyway, se precisares estou aqui para falar.
Beijinhos =)
De AB a 12 de Novembro de 2007 às 17:49
tb só agora vi este teu comentario..
palavras para que minha companeira de luta? se me permites que te chame assim?
faço minhas todas as tuas palavras.... um pouco duras eu sei, mas elas vão entender e vão perceber que cruel é a doença e que nós só estamos com o nosso exemplo de sobrevivencia (até ao momento, claro) a tentar fazer-lhes ver que o unico caminho que as pode levar de volta à felicidade que julgam estar perdida para sempre (mas que não está: está apenas à distancia da cura) é o da luta pela saude e não o da acomodação ou da entrega total à doença!
um bj grande de mim para ti e oxalá continuemos fortes sempre na caminhada!
De g0oorda a 24 de Outubro de 2007 às 15:53
Só mais uma coisa =P
Gostava tanto de te conseguir ajudar e no entanto nao te conheço de lado nenhum. Senti uma grd empatia qnd entrei no teu blog e comecei a ler. Se houver alguma coisa q eu possa fazer, por favor diz!!
De andreia fernandes a 24 de Outubro de 2007 às 18:18
ola ana ,ainda bem que os estudos tão controlados.pena que o mesmo não se passa com a tua vida...essa rapariga tem razão em muitas coisas que diz,porque já as viveu.ela tá a recuperar a vida dela já viste!!??e tu também és capaz ,ouve-a ela pode te ajudar,até porque tu já sabes que esse não é o caminho certo...força miga ...ouve estes coments e coloca-os no local certo,lembra-te que tou sempre aqui...e os teus amigos também.luta para que essa fase da tua vida não vá longe de mais.beijossssssss
De nuno a 24 de Outubro de 2007 às 18:54
olá! não digas que és a pior filha do mundo e não digas que os teus pais n te merecem. eles adoram-te e vão sempre amar-te! fico contente por os estudos correrem bem! um abraço e beijos para ti! é normal k andes irritada, cansada mas isso vai ser ultrapassado, vais ver! continuaõa de uma boa semana*******
De enfim a 24 de Outubro de 2007 às 22:35
Eu sinto o mesmo, vejo os meus pais fazerem tudo para me verem bem e eu só dou patadas não tenho paciência nem para uma simples conversa sobre o que fiz hoje na faculdade! =S
Uma vez uma médica disse-me: "Come que essa falta de paciência passa" BAH como se fosse assim tão fácil...
Fico contente pelo teu peso ;)
Beijinho
De Mafalda a 26 de Outubro de 2007 às 18:24
Oi miuda...

bem esse IMC ta 1 poukinho baixo d mais, n?
pk dzx ixu?incodicionalment os teus pais adoram-t, tem sp crteza dixu! ngm e prfeito! tu n es a filh prfeit e els n sao os pais prfeits! tds tems probs, mas ha km lid mlh cm els! ha mts formas d fugir ou tntr resolvr os probs k tems ou k nos arrnjm, algms pxoas cnsegm fazeLo d 1 form + "previsivel" ou "normal" cm algns considerm, outrs, cm nos, arrnjm outrs refúgios pa libertr tensões e desviar o foco d atenção do moment!

and a xcrever d+...dcp :S

bjinhu*
De nuno a 27 de Outubro de 2007 às 15:51
bom fim de semana! Levanta a cabeça e sorri, se ficas triste é pior. beijos
De o_meu_outro_eu a 27 de Outubro de 2007 às 21:20
n te conheço mas identifiquei-me tanto com o teu texto que tive mesmo de comentar... só para dizer um pequeno apontamento...
minha querida é verdade que por vezes se sentimos as piores filhas do mundo... que não merecemos os pais que temos.. as preocupações que têm connosco... as noites que eles perdem a chorar pelas asneiras que nos vêem fazer contra o nosso próprio corpo...
mas uiltimamente tenho tentado pensar de outra forma.. também sofro de um disturbio alimentar e ultimamente também resolvi criar um blog...
os nossos pais sofrem.. e muito... mas e nós?? nós n queremos nada disto.. doí por nós e pelo simples facto de fazer sofrer os outros...
temos de ter esperança que um dia tudo vai passar...
um abraço para ti*
De nuno a 28 de Outubro de 2007 às 19:23
beijos Ana e força! Alimenta-te para não te ires abaixo. e força p voçés tb, para que se curem desse problema, mesmo que leve Anos, mas a cura tem que partir de voçés mesmas. Ana., boa semana de aulas! boa semana p todas! beijos
De Aninhas a 28 de Outubro de 2007 às 20:25
Tens toda a razão. Quando eles me acusam do sofrimento que lhes causo só digo para mim "E eu?! Não sofro?" Será que eles pensam que estou assim porque quero? Que só tiro vantagens? Para além de sofrer, e muito, com o meu dia-a-dia também sofro por eles, porque os adoro a cima de tudo e custa-me imenso vê-los sofrer.
Obrigada por comentares, beijinhos.

Comentar post

.Mais sobre mim

.Pesquisar neste blog

 

.Junho 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Dados gerais

Tive uma anorexia nervosa com crises bulímicas tratada e cuidada no HUC, onde ainda estou a ser acompanhada. Consegui atingir todos os meus objectivos, sou feliz e deixo aqui o meu testemunho em como é POSSÍVEL acabar com todo o sofrimento e dor que esta doença me trouxe.

.tags

. todas as tags

.Dos que mais gosto

. Feliz

. Férias

. Para ti... sorrio

. Conclusão da consulta

. Sofrida

. É agora ou nunca

. O lobo

. Mudar de vida

. A vida que eu levo

. Pensamentos contraditório...