Um testemunho de como é possível destruir esta terrível doença e ser FELIZ!

.Desabafos recentes

. Vitória

. Feliz

. Dias bons

. Sobretudo medo

. Sobretudo medo

. Aprovada

. O tempo não chega

. Para a frente é que é o c...

. É agora ou nunca

. Indefenida

. O lobo

. Hoje

. Conclusão da consulta

. Com certezas

. Férias

. Aqui... Jamais fingirei

. O início do fim

. Eu mando

. Por favor

. Ao acaso

. Aprender

. Caminhar

. É mesmo possível

. Quem disse que era fácil?

. Mais um passo

.Arquivos

. Junho 2011

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

.Outros Blogs

blogs SAPO

.subscrever feeds

Quarta-feira, 7 de Novembro de 2007

Novidades

Tenho algumas coisas para contar...

No feriado de todos os Santos fui almoçar fora com a minha família - avós, padrinhos e pais. Comi peixe grelhado com legumes cozidos e bebi água e antes de pedirem as sobremesas e o café já estava aflita para ir à casa de banho, tinha ido antes de sair de casa mas eu bebo mesmo muita água! Se pudesse controlar a bexiga garanto que não vos sujeitava a isso... Quando cheguei à mesa ficou tudo calado a pensar que tinha ido deitar fora. Não gostei nada... Ainda por cima comi tão pouco...  =( Sei que têm razões para pensar outras coisas e fico muito triste por isso, mas naquele dia não tinham razões nenhumas para pensar que fui vomitar.

 

Outra coisa, pela primeira vez na vida não me veio o período! Incrível, quando pesava 43 kg veio sempre agora com 46 kg não vem... Nem sei o que pensar. A minha mãe já sabe e anda histérica. Depois de uma atribulada conversa com os meus pais acabei por confessar que emagreci um pouco, por isso para eles peso "um pouco" menos que 48 kg. 

Na última consulta a Doutora perguntou-me se vinha a menstruação eu disse que não, mas não fez grande alarido porque, para ela, o meu peso mantém-se. Mas o mais incrível nisto tudo é que nas consultas peso 49 kg!!! Eu explico: eu bebo mesmo muita água quando lá vou, para terem uma noção da última vez bebi mais de 8,5 L, por isso é normal que quando me pesa mostre esta atrocidade! De manhã peso-me: sem qualquer roupa ou objecto, em jejum, normalmente depois de uma descarga intestinal e não só, por isso é normal que dê esta grande discrepância. Eu não tenho culpa! (estou a fazer de vítima eu sei =/) Mas é melhor a Doutora não saber o meu peso real porque assim não me "chateia a cabeça" e continua a orientar-me nos estudos que é o que preciso neste momento. Sinto muito que ter que omitir o meu peso, mas é com muito respeito a ela e aos meus pais. Em relação aos meus pais estou a poupá-los e à Doutora estou apenas a defender-me  Não é por mal... sinto muito...

Sinto-me: culpada
Publicado por Aninhas às 19:01
Link do post | Comente | Adicione aos favoritos
22 comentários:
De Paula Costa a 8 de Novembro de 2007 às 10:17
Não acho que estejas a 'poupar' nem a 'defender-te' de ninguém. Acho sim que estás a colocar as estruturas a teu lado do modo que mais te convem. Estás a esticar a corda. A ver até onde dá para ir tapando os olhos dos outros. Num sentido mais banal, a fazer pouco dos outros. De que adianta ires ao médico senão contas tudo? De que adianta fazeres de boa filha e empenhares-te nessa imagem se não partilhas os avanços e retrocessos com eles? Tens noçao de que reuniste uma equipa inteira que tem como algo comum apenas TU e andas a gozar com a cara deles? Só para te poderes safar mais uma vez é? Quando desistirem de ti e te considerarem um caso perdido vais fazer o que? Apelar à boa vontade? Senão queres ajuda diz! Tens conciência das raparigas que desistem dos cuidados médicos no que diz respeito ao comportamento alimentar porque os serviços simplesmente estão a rebentar pelas costuras?? Devias repensar melhor a tua posição. Querer ser ajudada e andar a 'poupar' os outros não é algo compativel.
De AB a 8 de Novembro de 2007 às 11:14
Aninhas, podes não gostar mt de parte do que te vou dizer, mas vou-to dizer como Amiga que passou pelo mesmo e que nunca concordou em omitir nada dos medicos e mt menos enganar... já bastam as mentiras que o nosso inconsciente nos prega!! Alias, nao sei se tenho um trauma à mentira na minha vida e por isso nao suporto a falta de verdade mt mais numa relaçao de Amizade e confiança maxima que foi a que se estableceu entre mim e a drª dulce bouça e depois toda a equipa do NDCA!
Mas eu nao te vou censurar por isso, porque vi mt menina na conusulta ter a mesma atitude que tu e a primeira coisa que os medicos e enfermeiros nos advertem é que ao tentarmos enganar (nunca os conseguimos enganar pk no fundo eles conhecem todos os nossos truques e mais cedo ou mais tarde descobrem quem os pratica) os medicos só nos enganamos a nós mesmas e atrasamos a nossa cura... e é verdade Aninhas! por isso aconselho-te a contares sempre tudo à tua medica e deixa lá o truque da água que ela já deve ter suspeitado pk é mt comum (eu felizmente nunca useis nada para enganar os medicos, contava TODAS as minhas falahas sempre e até as anotava num papel para mostrar caso me esqueçesse)...
raramente os medicos que se dedicam ao tratamento destas doenças desistem de nós, mas tem de haver um minimo de empenhamento da nossa parte e esse minimo acho que pelo menos será a nossa Sinceridade: um psiquiatra ou psicologo é mesmo isso, um confidente, um Amigo, um Orientador da nossa Vontade doente.. mas para isso precisa dos dados todos para trabalhar sobre eles, não podemos falsear nada Aninhas.. pf faz isso!!
Qto ao ires à casa de banho e a seguir notares os olhares suspeitos, fazes-me lembrar tb dos tempos em que das poucas vezes em que eu almoçava fora e nao cometia o tal "sacrilegio" até tinha receio de ir à casa de banho a seguir para evitar esses olhares .. tenta não ligar, fala de tudo isso à tua psiquiatra...
não sei como ajudar na relaçao com a familia (pk na m familia quase ninguem sabia), mas sei que existe uma associaçao de ajuda para os familaires de doentes anorecticos e bulimicos..
bjs e cuidado com o teu peso e com a tua menstruaçao: já sabes: fracturas de ossos, cabelo, taquicardias, isofagites, etc etc.. tenta pelo menos minimizar ao maximo isso Sempre COM A AJUDA DA MEDICA!
desculpa se me meti demais onde nao devia!
De Aninhas a 8 de Novembro de 2007 às 20:29
Por favor n peças desculpa!! Só tu que já passaste por isto podes alertar-me e abrir-me os olhos para todos os erros que cometo e eu só tenho a agradecer-te por isso!!
Mas eu penso da mesma maneira... A sério que penso. Já disse mais do que uma vez posso mentir muito aos meus pais, e assumo que sim, (mas isto porque os adoro e porque não quero e não vale a pena eles sofrerem sabendo de algumas coisas, prefiro que saibam mais tarde) mas mentir aos médicos nunca o fiz, sei não vale a pena porque como tu disseste, estamos a enganar-nos a nós próprios e eu sei disso. Mas a única coisa que faço agora que não fazia é não ir à casa de banho antes de ir à consulta. A primeira vez que o fiz ia com muito receio porque o meu pai ia comigo e a médica ia-lhe dizer se tinha emagrecido ou não. Como vi que o meu peso mostrava um valor mais alto do realmente era comecei a adoptar esse método à muito pouco tempo.
Achas mesmo que estou a mentir e a fazer pouco da Doutora? =(
Eu sei que ela sabe que emagreci e vice-versa, mas ainda não fui capaz de assumir...
Amanhã vou lá... agora fiquei sem saber o que fazer... de terça-feira a 8 dias tenho frequência a anatomia... preciso de ajuda para não fugir aos estudos, não preciso de ouvir que não posso emagrecer, que assim não tenho disponibilidade psíquica para estudar, etc. Não achas? =(
De AB a 9 de Novembro de 2007 às 10:18
Minha querida Aninhas, já que te mostraste receptiva à minha sincera e sentida opinião (e fico feliz por isso!, nunca tive a experiencia de alguem que tivesse passado pelo mesmo a aconselhar-me) eu acho que deverias contar tudo o que disseste aqui á medica sim: acho qu edeves vê-la como a tua melhor Amiga e acho que deves falar dessa tua necessidade de te concentrares nos estudos e nos medos em que as palavras dela te possam desestabilizar... ela precisa saber disso..depois melhor do que ninguem te poderá aconselhar.
Eu por causa desses medos perdi mts anos da minha vida protelando a ajuda que tanto precisava e desgastando cada vez mais a minha saude fisica e mental e por isso te entendo mt bem. Entendo, só que aproveita o meu erro para aprenderes algo: porque hoje sei que podia ter saído disto bem mais cedo (mas tou feliz pk ainda consegui sair, ainda consegui voltar a sorrir de novo quando pensava que o meu destino seria ser anoretica a vida toda), ou pelo menos poderia ter tirado o curso de forma menos penosa se tivesse procurado ajuda nessa altura e se essa tivesse sido a ajuda certa claro (pk nao sei se te disse aqui - nos foruns do clix já o disse mta vez- depois do curso a primeira coisa que fiz foi procurar ajuda dum psiquiatra, mas que nao foi a certa porque ou nao entendia destas doenças ou nao gostava de as tratar e sempre que lá ia saía pior do que quando entrava: conversas do genero " estas assim porque queres", "isso é como o cigarro, basta quereres deixar e pronto e não tens que te envergonhar dela, é uma dependencia ocmo outra qualquer", ou então quando as coisas se agravavam a nivel fisico "tás mal, dificilmente vejo solução, precisas umas carteiras de potassio, anti depressivos, etc etc.."... e era sempre isot Aninhas, nunca me questionava sobre a alimentaçao, só me ouvia e nao interpelava e o piro é que eu pensava que estava a ser bem seguida só pk era psiquiatra... Mais tarde é que vim a saber que existem pessoas na psiquiatria mesmo especializadas nestas doenças....vês como eu sofri??!! (e como mtas outras nao estarão a sofrer por este país e por este mundo fora??!!) Vês porquê nos devemos abrir por completo quando encontramos uma pessoa que PERCEBE e entende o nosso drama?
Pf abre-te com a tua medica sem reservas...
quanto aos teus pais, como te disse nao sou a pessoa ideal para opinar, porque sempre fui mt reservada lá em casa, para os poupar tb, mas o facto é que a minha idade era outra.. quando minha mae soube (a unica que soube) já eu tinha 24 anos e a minha independencia economica, sem viver com eles na mesma casa.. arranjei logo o meu cantinho para não sentir a pressão da familia... se foi bom se mau nao sei...
mas na vossa idade é diferente, acho qu evoces têm mesmo que os envolver no tratamento, mas sinceramente nao sei como isso se faz, só mesmo falando com a tua medica e perguntando tu mesma a ela até que ponto lhes deves contar as coisas..
De Ariella a 9 de Novembro de 2007 às 12:40
Ola menina!
Já tinha vindo cá antes mas nc tinha comentado.
Posso adicionar-te? posso te enviar um convite p o caso de queres ver a minha "casa"?
o meu mail é o me_myself_and_miana@hotmail.com, só te visito se tu quiseres cm é obvio.
Nao te sintas mal com isso da agua, qnd andava no medico eu tinha compulsoes antes das consultas,claro q a seguir tomava laxantes. E mts meninas escondem pesos tb...so tas a proteger-te xD
Beijo
**muuahh**
De AB a 9 de Novembro de 2007 às 15:41
desculpa Arieela, mas das meninas que conheci (e foram mtas) nos tratamentos nunca vi nenhuma orgulhar-se de mentir aos medicos, pelo contario, sentiam-se sempre mt culpadas. Penso que o sentimento de culpa faz mm parte da nossa doença.
Também nenhuma de nós quer ver as outras presas a esta doença, porque o sofrimento - nosso e dos outros- é algo que nos faz sentir mt mal e não nos sentimos mais acompanhadas por termos pessoas a sofrer do mesmo, sentimo-nos sim menos sós quando existem bons medicos capazes de nos tirar do chão lamaçento em que a doença nos lançou...
Por isso não sei se terás mm DCA ou se estarás numa fase inicial da doença em que pensas ainda que ela é a tua maior amiga e que podes avontade controlar. Mas chega o dia em que ela, depois de entrar de mansinho na tua vida e parecendo que dá aquele controle sobre o corpo e assim sobre o mundo e que te torna uma pessoa feliz, chega então o dia em que ela ganha verdadeiros foros de DOENÇA da vontade e é ela quem controla toda a tua vida: ela mina toda a tua vontade e parece que se vai alimentando da nossa falta de auto-estima para surgir dentro de nós como uma outra "Pessoa", ganha como que personalidade enquanto que nos despersonaliza e olhamos para ela como a nossa companheira infalivel nos momentos de solidão, quase que a idolatramos (talvez estejas nessa fase), mas quando queremos sair dela notamos que ela nao deixa e que afinal estamos é prisoneiras dela, que não podemos dar um passo no nosso dia a dia sem lhe pedir autorização (primeiro está sempre o ritual doentio do comer ou do passar fome e só depois, se forças nos restar, é que nos é permitido procurar "fragmentos de vida", migalhas de felicidade: coisas tão simples como estar com amigos, ir a um cinema, ir a uma praia, até estudar só se a cabeça estiver momentaneamente ausente da doença...), que é a nossa pior inimiga, porque nao nos deixa viver e todos os comandos que nos dá são de desnutrição, destruiçao e morte.... por vezes só dás por isso quando estás no limite, mas mais cedo ou mais tarde infelizmente vais dar por isso..
espero que fiques bem na medida do possivel...
De Ariella a 9 de Novembro de 2007 às 18:26
Oi!Desculpa a invasao de novo mas li o comentario da AB e tinha de comentar.
Eu nao disse q era sinonimo de orgulho mentir, disse que varias pessoas o fazem...nao me orgulho disso, mas sei que se calhar voltaria a faze-lo.
Desde os 11 anos mais ou menos que tenho este tipo de comportamentos, n os escolhi e eu sei que, tal como dizes, a ana e a mia sao as minhas piores inimigas. Sei que nos momentos piores eu mudo completamente, fiko depressiva, anti-social, e todas akelas caracteristicas estupidas q conheces.
Já tentei sair disto, sem ajuda, n kero k se saiba, mas nao consigo, ou se calhar, nao o quero realmente....
Agradeço o teu comentário, e ao contrario do que possa ter parecido nao o interpretei como um ataque e por isso nao estou a contratacar.
Beijinhos grandes
**muuahh**
De AB a 12 de Novembro de 2007 às 09:53
Ariela, obrigada..
sem ajuda é dificil ariella acredita... porque estas doenças são MUITO PODEROSAS...
se um dia resolveres pedir ajuda, acredita que não é por aí que vão ficar a saber da tua doença... sei que existem os pessimos profissionais, que arrumam o codigo deontologico na gaveta (em todos os ramos existem) e contam por vezes o que nao devem... mas são uma minoria e em regra quem se dedica de verdade (os especialistas dentro da psiquiatria, psicologos e nutricionistas destas equipas do comportamento alimentar) a tratar estas doenças antes do mais sabe o que é o sigilo profissional e, por outro, tem plena consciencia, da nossa obsessão pelo secretismo da doença (foi das minhas primeiras condicoes impostas a eles)..pf. não te preocupes com isso pk fica tudo mt bem guardado e as meninas que lá te virem tb nao te vão descobri pk todas têm os mesmos medos...
abraço! força!
De Aninhas a 11 de Novembro de 2007 às 20:50
Claro que podes adicionar-me :)
Podes enviar o convite, gostava mt de ler.

Beijinhos e obrigada*
De nuno a 9 de Novembro de 2007 às 14:46
olá! eu acho que devias falar do teu peso real á Doutora! Está bem que tens o direito de n te sentir á vontade para o fazer, mas
a Doutora devias de contar isso. Sim, podes n querer contar aos teus pais, ás vezes uma pessoa sente necessidade de falar com pessoas de fora e não se sente á vontade de falar com os pais sobre determinados assuntos. as melhoras1 um beijo gde e um bom fim de semana e bom estudo, dentro do possivel. beijos
De Mafalda a 10 de Novembro de 2007 às 11:59
Oi Anouke!
bem ixo e mau, axo eu..ker dzr axim ela nc vai sabr ao cert kt pesas!e kd pnsr k ja tas num peso bom aind n vais tar la..
n sei s sera mt bom..ms la k t xateia mens e vrdad..lol
8,5l?ouch!o maxim k j bebi form 7l e cred, bbi mm mt nexe dia!axo k n th tp pa bber tant agua!lol

bjinhu*
De nuno a 10 de Novembro de 2007 às 20:29
olá! um bom fim de semana, dentro dos possíveis! beijokas e um abraço
De Mafalda a 11 de Novembro de 2007 às 23:55
OI..

eu vi bem???tu n sabs uk e cha de sene??certezinha??
bem é 1 chá laxante, mt usad nest mundo..
n s dev abusar pk, cm tds os laxants, a flor intstinal fik viciada!mas vend-se por ai..em hipermercados, ha da marca 'cem por cento' k tb tem outros chás, é 1 kstao de procurar!mas eu viMe grega pa ver a venda!:s

bjinhu*
De Aninhas a 12 de Novembro de 2007 às 12:32
Bem... Na verdd acho que nunca ouvi falar. Mas se calhar por ser tão difícil encontrar é que desconheço. Conheço é de ginseng. Mas obrigada pela informação. Eu tomo outros com o mesmo efeito laxante. Podia ser que este fosse melhor...
Beijinhos*
De g0oorda a 13 de Novembro de 2007 às 01:09
N lhe dêem mais ideias! Ela ja está suficientemente mal p agr se ir por e tomar sene. Sabes q, tal como qnd vmoitas, isso pode desequilibrar os teus electrolitos (niveis de sodio, potassio...) e o teu coraçao pode parar? Provavelmente n te assustas, eu qnd tava na mnh fase pior d doença tb n me assustava c nd. Agr q começo a recuperar alguma saude, estou assustada. Mesmo.
Qnt a enganares a médica...acho q a AB ja disse td. N vale a pena e tu precisas de a ver como uma amiga e n como alguem q te quer controlar, ou q te quer engordar. N é nd disso. Ao principio eu tb enganava a minha ms sentia-me smp tao mal por lhe estar a mentir! Assim n funciona. As coisas começaram a correr melhor qnd eu me comecei realmente a abrir c ela e qnd deixei d mentir.
O que fazes n é 1 defesa tua, é a defesa da DOENÇA. É sim, uma agressão contra ti própria. Pq tu é q estás a perder saúde. Momentos de vida q nc mais vao voltar. Estás numa idade linda, e estás a desperdiça-la em prol de uma doença. Isto n faz sentido pois n? Tens q começar a pensar no q é q TU queres e nao no q a doença te faz querer. Pq viver assim é 1 merda.
Tem sido cada vez mais dificil p mim, as tentaçoes p voltar a fazer dieta sao mtas, sao raros os momentos em q consigo estar bem cmg ms sei q ja n estou no buraco negro em q estava. Percebo perfeitamente td o q estás a passar e o quão dificil é sair e aceitar q estamos doentes. Mas tens q dar um passo em frente, com confiança.
Beijinhos =)
De Aninhas a 13 de Novembro de 2007 às 14:14
Ai meu Deus! É tão dificil ouvir-te falar e ler os teus úlimos post... Ainda ontem li uma grnd parte do teu blog e vi como pensavas qd estavas no "buraco", eu penso exactamente da mesma maneira. N me preocupa minimamente que possa correr esses riscos. Já pensei nisso visto q bebo mta água e mts chás laxantes e vómito. Mas só me preocupo em não engordar. Neste momento acho que já dei um grnd grnd passo porque já pus na cabeça que não vou emagrecer como no ano passado (43 Kg) pois sei que n vou conseguir estudar mlhr se emagrecer. As minhas preocupações são estudar, mudar de curso e não engordar!

Quanto ao chá de sene...
Comprei-o à pouco... =$ Mas fui eu que perguntei o que era...

Obrigada por vires comentar! Tenho pensado mt em ti e na AB!! São um EXEMPLO A SEGUIR, queria mt sair disto como vocês... Quero ser enfermeira e ser feliz c os meus pais!!! ='(

Um grnd beijinho e obrigada! *
De AB a 13 de Novembro de 2007 às 15:46
minha querida Aninhas:
hoje estou só de relance aqui (falta mm de tempo) mas fiquei mt feliz com o que ouvi!!
que lindo curso tens pela frente! terás mt sitio em portugal onde poderás desenvolver essa tua apitão para ajudar os outros... e terás uma vida inteira para amar quem te ama.. nada de sene nem de outros lachantes, nem vomitos, mas com o tempo e com ajuda perceberás isso.... o que interessa é ires caminhando no sentido da cura... mesmo que nem disso te apercebas mt bem..
e ainda bem que eu e a "goorda" (não sei pk ela usa o nick mas nao faz mal) já te cosneguimos passar alguma mensagem de vida..
beijinhos grandes...
.. e ando de novo a perder-me mt nos blogs... sei que ontem deixei uma msg à goorda e hoja nao a encontro.. grrr..
De Aninhas a 13 de Novembro de 2007 às 23:02
=) Obrigada por, mesmo sem tempo, conseguires dar vir dar uma palavrinha. És fantástica! Como é que depois de saires disto consegues manter contacto com este "mundo" e quereres ajudar-nos com o teu testemunho? Só uma pessoa com um bom coração o faria. Tb gostava de fazer o mesmo mas tb penso que o melhor, ou o mais fácil, seria afastar-me de vez.

Um beijinho mt agradecido**

PS: A mensagem que deixaste à "goorda" está no post " Vim só dar notícias".
De AB a 14 de Novembro de 2007 às 11:28
Aninhas, obrigada já localizei o post..
quanto ao vir aqui é-me mt mais fácil quando encontro pessoas como tu e a "meu outro eu", com vontade de sair disto... revejo-mt mt em voces e seria demasiado cruel nada dizer.....
quando falarem mt de comida e vomito em pormenor vou tentar nao comentar pk ainda me faz um pouco de confusão... aliás, mesmo quando eu andava na AB nunca fui capaz de exteriorizar mt os pormenores dos rituais doentios, por vergonha talvez, nao sei..
desculpem mas tenho as minhas fraqueza e uma delas é não verbalizar mt os pormenores da doença... nem sabia dessse volcabulario proprio que aqui usam nos logs.. bjs
De g0oorda a 14 de Novembro de 2007 às 23:10
Ola outra vez =)
AB, só hoje é q vi que me tinhas deixado 1 msg no outro post, obrigada. Espero q ctg as coisas tb se estejam a encaminhar cada vez melhor para uma cura, se é q existe! Prefiro chamar-lhe um equilibro, pq cura n sei se há. Há coisas q nc se esquecem e q estão de tal maneira entranhadas em nós q se recusam a ir embora. Mas é possivel sermos felizes e aproveitarms a vida. Só temos q saber lidar c o nosso problema e saber controlá-lo da melhor forma (dtio assim até parece facil... =P)
Eu tenho mt medo d voltar ao mesmo. N me quero deixar influenciar pelo q leio nos blogs por isso tento so vir mesmo aqui ver se há novidades.
Qnd agr olho p trás, para os ultimos anos da minha vida, sinto um terror cm nunca tinha sentido antes. N consigo parar de pensar q podia ja cá n estar. A minha unica companheira era a anorexia e a unica coisa em q eu acreditava era na morte. E como eu desejava morrer de magreza!
Nos meus momentos de lucidez, fico preplexa com as coisas q fazia. Como é q eu me deixei descer tão baixo?! Juro q n sei. So sei q qnd me dei conta, era tarde. Felizmente estou a conseguir recuperar td, aos poucos, ms está td a ir ao sitio.
Consegui esconder o meu problema durante mt tempo ms ainda bem q fui 'apanhada', senao n sei o q seria feito de mim. Eu n ia parar. Os meus planos eram ver ate onde é q eu aguentava e o meu peso descia á velocidade da luz. Espero n voltar a passar pelo mesmo nem desejo isto p ng.
Por isso n vou desistir de ti. N consigo ficar passiva a ver-te destruir a tua vida. Quero tnt chegar aqui um dia e ver q estás a aderir ao tratamento e q as coisas estão a correr melhor!
Vais continuar a levar cmg durante o tempo q for preciso =P
Ja gostei de ver q n vais deixar o teu peso descer mais =)
Tenta aos poucos cumprir a dieta da tua medica. Devagarinho. N vais ficar gorda, o objectivo dos medicos n é esse, como tu sabes. Vais ficar mais bonita, mais apta para estudar, mais saudavel. E, acima de tudo, magra. Claro q vais aumentar um bocadinho de peso. Mas é um aumento q precisas. E nao vai ser em gordura, acredita. Tu estás em defice. O corpo so começa a armazenar gordura qnd há excesso. E é de longe o q se passa ctg!
Dá um passo em frente, sem medo =)
Beijinhos
De nuno a 16 de Novembro de 2007 às 19:08
olá Aninhas! então, como é que vai isso? beijokas e um bom fim de semana! []
De adriana a 25 de Novembro de 2008 às 03:33
olá boa noite essa historia de dizer que Ana e mia não acaba com as pessoas pessoas é totalmente mentira ........ já tive problemas com Ana cheguei a pesar 32 quilos já tem três anos que não tenho mais crises .....vou te contar um segredo null mentia ou melhor omitia meu peso a medica tbem costumo tomar muito liquido tenho uma garrafa no meu quarto chego a tomar por dia oito garrafas de agua de 1,5 por dia......outra coisa agua não faz tão bem a saúde pois contem muito sódio e incha a pessoa o ideal é tomar no máximo ate 8 copos de agua por dia.. PS sai dessa pois estava em um estagio avançado desde que me separei dos meus pais e fui morar com meu namorado.......chegava a vomitar sangue os médicos tinham dado meu fígado e outros órgãos como rim caso perdido....pois meu rim já não estava funcionando correctamente .....mas superei tudo isso com tratamentos confesso que no começo fiquei duas semanas longe das consultas dizia que ia e fazia hora na rua mas superei meus medos crenças e fui a luta .... hj com 1.78 de altura peso em media 64 k estou feliz comigo mesma não tenho mais crises como de tudo um pouco .......faço academia ..sigo uma dieta balanceada não tenho problemas de engordar demias seguindo essa dieta mantenho meu peso sem problemas de ficar a mais nem a menos .... bjks Drika murayama

Comentar post

.Mais sobre mim

.Pesquisar neste blog

 

.Junho 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Dados gerais

Tive uma anorexia nervosa com crises bulímicas tratada e cuidada no HUC, onde ainda estou a ser acompanhada. Consegui atingir todos os meus objectivos, sou feliz e deixo aqui o meu testemunho em como é POSSÍVEL acabar com todo o sofrimento e dor que esta doença me trouxe.

.tags

. todas as tags

.Dos que mais gosto

. Feliz

. Férias

. Para ti... sorrio

. Conclusão da consulta

. Sofrida

. É agora ou nunca

. O lobo

. Mudar de vida

. A vida que eu levo

. Pensamentos contraditório...